A criação da SEJUBRA se deve especialmente a quatro professores de São Paulo: Fábio Comparato, Fábio Nusdeo, Modesto Carvalhosa e o saudoso Antonio Cesarino Jr que proferiram palestras, a convite do Profº Friedrich Kübler, na Universidade de Frankfurt em 1981 sobre temas de direito brasileiro resumidos em uma brochura sob o título “Industrialisierungsrecht in Brasilien”.

Na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, os professores e alguns advogados presentes em Frankfurt decidiram constituir a SEJUBRA – Sociedade de Estudos Jurídicos Brasil – Alemanha, que teve seu estatuto arquivado no Registro Civil das Pessoas Jurídicas em maio de 1982.

O objetivo da Sociedade consiste na pesquisa científica de natureza jurídica, sua análise na aplicação prática, abrangendo especialmente os sistemas jurídicos brasileiro e alemão.

Presidente de Honra

Francisco Henrique Plateo D’Alvares Florence Filho


CONSELHO DELIBERATIVO

Fábio Nusdeo – Presidente do Conselho Deliberativo
André Elali
André Luiz Fonseca Fernandes
Beate Christine Boltz
Cássio Mesquita Barros
Clemencia Beatriz Wolthers
Eduardo Carvalho Tess
Fábio Konder Comparato
Gerd Foerster
Gerd Willi Rothmann
Modesto Souza Barros Carvalhosa
Peter Dirk Siemsen
Roberto Pasqualin Filho
Sonia Maria Giannini Marques Döbler

 

Diretoria

Eduardo Migliora Zobaran – Presidente
Liliam Fernanda Yoshikawa – Vice-Presidente
Cassio Sabbagh Namur – Diretor Financeiro
Pedro Paulo Wendel Gasparini – Diretor Secretário

 

SEJUBRA - Sociedade de Estudos Jurídicos Brasil-Alemanha